IN "dotempodaoutrasenhora.blogspot.com"

IN "dotempodaoutrasenhora.blogspot.com"

A TERRA AO SERVIÇO DO HOMEM




"AGRICULTURA É A ARTE DE SABER ESPERAR" by Riccardo Bacchelli
IMPORTANTE: PARA PERÍODOS IDEAIS DE TRATAMENTOS EM DOENÇAS OU PRAGAS QUE OCORRAM NA AGRICULTURA, OS AGRICULTORES DEVEM SEMPRE RECORRER Á ESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO DÃO, TELEFONE 232 421 921 (OU OUTRA); AGRITÁBUA, TELEFONE 235 412 225; OU DEMAIS ENTIDADES ACREDITADAS NO TEMA, NÃO TOMANDO DECISÕES PRECIPITADAS.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

VINAGRE - COMO HERBICIDA OU ERVICIDA





VER IN


http://dicas.club/?p=17853




Vinagre – um poderoso herbicida natural. Veja como ele pode salvar suas plantas!


Quem tem jardim ou horta em casa sabe que é preciso ter cuidados diários para que as plantas cresçam saudáveis e bonitas. Mas mesmo quem se dedica a elas sabe que volta e meia aparecem as indesejáveis e persistentes ervas daninhas.  Você sabia que o vinagre é um herbicida naturalmuito eficaz? Veja abaixo.

Vinagre – um herbicida natural que vai salvar o seu jardim e horta

Veja mais:
Podemos evitar o uso de herbicidas químicos (que infiltram e prejudicam o solo podendo inclusive contaminar o lençol freático) optando pelo uso do vinagre, um herbicida natural, poderoso que não causa prejuízo ao solo e ainda é barato! Não poderia ser melhor, certo? Veja abaixo como prepará-lo para que ele seja realmente eficaz.
Você vai precisar de:
  • 5 litros de vinagre – quanto mais ácido for o vinagre, mais eficaz o seu herbicida natural vai ser, portanto prefira o vinagre de vinho tinto, de champanhe ou de álcool. O vinagre de maçã, de vinho branco ou balsâmico são mais suaves e podem não ser tão eficazes, mas funciona também.
  • 2 litros de água – pode ser da torneira mesmo
  • De 100ml a 200ml de detergente para louça biológico – você encontra em supermercado.
  • 1 colher (de sobremesa) de sal grosso


Como preparar:
Em uma panela grande, coloque todos os ingredientes e mexa até que o sal tenha se diluído por completo. Deixe repousar por cerca de 15 minutos. Depois coloque parte a mistura em um borrifador e pulveriza as plantas que pretende eliminar ou o solo que pretende limpar. Prefira fazer esse processo em um dia de sol com pouca umidade, o efeito é melhor. Se for preciso, repita a operação 2 dias depois, deve ser suficiente para eliminar as ervas daninhas.  O ideal é aplicar o herbicida natural logo nas duas primeiras semanas que as ervas daninhas apareceram, pois assim elas estão mais frágeis e podem ser eliminadas com maior facilidade.
Viu só? É fácil preparar o seu herbicida natural e deixar o seu jardim e horta livre das pragas que atrapalham o crescimento das suas plantas. Além disso, é bom para o meio ambiente e para o seu 


segunda-feira, 7 de novembro de 2016

CURAS - CITRINOS





COM A DEVIDA VÉNIA DE DRAPN


VER IN


http://www.drapn.mamaot.pt/drapn/conteudos/edm/Circular_01_2014.pdf




CITRINOS

(LARANJEIRA, LIMOEIRO, TANGERINEIRA, LIMEIRA)


MÍLDIO OU AGUADO

(Phytophthora hibernalis e outras)
Durante o inverno, (sobretudo com períodos chuvosos prolongados, como os que têm ocorrido), deve efetuar tratamentos contra o míldio, aplicando uma calda bordalesa. Nos locais sujeitos a geadas, esta calda pode ter um efeito protetor contra o frio, se for alcalina, ou seja se contiver uma dose reforçada de cal (por exemplo, 1,5 kg de sulfato de cobre + 2 kg de cal por 100 litros de água). Deve haver o cuidado de atingir com a calda toda a copa da árvore.





Veja

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

PRAGAS DIVERSAS







"Receitas caseiras para cuidar do jardim

Aprenda a combater pragas e doenças com receitas naturais, que não prejudicam o meio ambiente

Para resistir ao ataque de pulgões, cochonilhas, lagartas, formigas e outras pragas e doenças, as plantas precisam estar saudáveis, com a imunidade em alta. Nesta época do ano, o aumento da temperatura é um fator de desequilíbrio, que pode afetar a saúde do jardim
e das espécies cultivadas dentro de casa. "O clima quente faz com que os insetos se desenvolvam e se reproduzam mais rapidamente. O calor também deixa as plantas vulneráveis e, por isso, elas precisam ser observadas com maior atenção", explica a professora Vanda Bueno, do departamento de controle biológico de pragas da Universidade Federal de Lavras, MG. Adepta das receitas naturais para combater as infestações, a professora lembra que mantemos um contato muito próximo com as espécies de casa. Portanto, é melhor evitar tratá-las com produtos nocivos à saúde. "Ao tocar as folhas e cheirar as flores, corremos o risco de absorver resíduos de inseticidas pesados." Para as plantas, também há prejuízos. "Além de desequilibrar o ecossistema, as substâncias químicas favorecem o aparecimento de novas pragas e doenças", afirma.AVAL DA CIÊNCIAAlgumas fórmulas caseiras antipragas fazem parte da sabedoria popular e são comumente empregadas por paisagistas e jardineiros (veja as receitas no quadro à direita). A novidade é
que existem pesquisadores empenhados em provar cientificamente a eficácia dos defensivos
naturais. "Estamos estudando uma série de combinações e, à medida que elas forem aprovadas, divulgaremos para a população", diz o biólogo Francisco Zorzenon, do Instituto Biológico do Estado de São Paulo.Entre os ingredientes que já têm o aval da equipe do pesquisador, estão cravo-daíndia, pó de café, pimenta-do-reino e alho fresco. Como fazer? Coloque 50 g de qualquer um deles de molho em 450 ml de água por 24 horas. Coe em peneira fina ou papelfiltro e você terá um extrato contra pulgões.CURA RÁPIDAA primeira vez que a arquiteta e paisagista Aline Najar recorreu a uma fórmula natural foi para tratar uma jabuticabeira de 4 m de altura tomada pelo fungo conhecido como algodão. "Ele deixa uma espécie de teia pelos galhos", diz. Para esse caso, a profissional preparou uma calda de sabão de coco. "Retirei o excesso do fungo com um pincel seco e depois passei o preparado, deixando secar naturalmente. Em quatro dias, a planta ficou curada", diz. Em outra ocasião, uma macieira com a doença ferrugem e infestada de lagartas foi tratada com extrato de alho. Levou uma semana para a frutífera recuperar o viço. Gardênias que estavam perdendo as flores devido aos ácaros foram salvas pela calda de fumo, enquanto um jardim recém-plantado ficou livre de moscas brancas com a constante pulverização de chá de hortelã. "Sempre que adoto defensivos naturais, o resultado é a total recuperação das espécies." A paisagista lembra ainda que doenças e pragas só atacam as plantas quando elas estão debilitadas devido ao excesso de calor ou de umidade, à falta de nutrientes no solo e à ventilação insuficiente.DICAS PARA QUE AS FÓRMULAS DÊEM CERTO- Sigas as receitas corretamente- Coe bem os preparados para não entupir o pulverizador- Os ingredientes naturais são voláteis, ou seja,
se perdem rapidamente. Portanto, é fazer e usar- As aplicações têm que ser persistentes"


RESUMO:

- 50 gr de qualquer um deles

- 450 ml para colocar de molho por 24 horas

- Coar em peneira fina ou papel filtro



segunda-feira, 26 de setembro de 2016

PIOLHO NEGRO NAS FAVAS







COMBATER BIOLÓGICAMENTE:


Coloque urtigas a amolecer em água para amolecer durante 40 horas (+-) .
Efectuada esta operação proceda à pulverização.



sexta-feira, 23 de setembro de 2016

CURAS BIOLÓGICAS DIVERSAS

Ver IN


CURA BIOLÓGICA PARA PULGÕES




Extrato de fumo no controle de pulgões



 Insetos que sugam seiva das plantas. Existem de diversas cores. A maioria é desprovida de asas e vive em colônias.
Como preparar: Coloque um pouco do fumo de rolo picado  em uma tigela e cubra com álcool (líquido ou gel) Quando o fumo tiver absorvido todo o álcool, coloque novamente um pouco de álcool diluído em água. Deixe por 48 horas em local fresco. Torça o preparado em um pano ralo e guarde-o em uma garrafa em local escuro. Pulverize este extrato sobre toda a folha para espantar pulgões. Se desejar também combater cochonilhas, na hora de usar, misture cerca de um copo desse líquido com 100 g de sabão neutro derretido em água quente. Acrescente mais 10 litros de água, coe e pulverize.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

PRODUÇÃO DE BATATA DE SEMENTE NO FINAL DO MÊS DE MARÇO





https://www.youtube.com/watch?v=GVoP8lrtu-c






COMO TER RAMOS PARA PLANTAR:


NO FINAL DO  MÊS DE MARÇO


Para cultivar batata doce, ao contrário da batata comum, não é fácil fazê-la grelar. No final do mês de Março devemos colocar alguns exemplares dentro de um vaso, ou no solo cobertos de terra, regando de vez em quando para manter a humidade, ou até dentro de uma bacia com alguma água, onde fiquem parcialmente submersos, e esperar que aconteça alguma coisa.




COMO PLANTAR A BATATA-DOCE EM PORTUGAL






AS BATATAS COMEÇAM A PLANTAR-SE NOS PRINCÍPIOS DE MAIO




https://www.youtube.com/watch?v=WmDuxdPY81s






VIDEO PARA:
PASSO A PASSO PARA GUARDAR E MULTIPLICAR A BATATA-DOCE EM LABORATÓRIO


https://www.youtube.com/watch?v=d-3e4x74xMs

NOTA

ESTE BLOG FOI CRIADO COM A INTENÇÃO DE CONGREGAR E PARTILHAR IDEIAS ACERCA DAS NOVAS TÉCNICAS E MEIOS DA AGRICULTURA, TRADICIONAL E BIOLÓGICA...

TEM DIFICULDADES NA SUA AGRICULTURA BIOLÓGICA? CONSULTE AS NOSSAS TAGS (ETIQUETAS), PODE ENCONTRAR O QUE PRECISA.

ESTE BLOG FOI PENSADO PARA O SERVIR, SEJA BEM-VINDO!

A sua criação, se outra virtude não tiver, resta-nos o desejo de contribuir para uma informação mais à mão, tipo bloco de notas, para jovens agricultores que façam uso desta ferramenta. Tem o propósito de informar novas técnicas agrícolas na aplicação e manuseamento de produtos, e outras informações úteis a alertar para a desaconselhada aplicação na Agricultura de outros produtos que contenham substâncias que alterem funções e causem problemas nos sistemas biológicos. Da mesma forma advertimos para os cuidados a ter na compra e no consumo de produtos, hortícolas, frutícolas e outros, carregados de toxicidade, dado que, se não encontrarem algum "residente" habitual nos produtos adquiridos (lagartas, lesmas, caracóis, etc.) é sempre um motivo para duvidar (desconfiar mesmo) da excelência do produto! Aconselha-se estarem atentos,uma vez que todos os cuidados são poucos.




&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&